jump to navigation

Um trauma chamado Nokia, por João Silva (8.ºB) 21/05/2015

Posted by Professor@_AESV in 8ºC, Ano letivo 2014/2015.
trackback

Uma das muitas coisas que nos podem humilhar na infância e na adolescência é utilizar um telemóvel “Nokia”.

Coitados dos que tinham de usar um desses telemóveis, incluindo eu. Aqueles telemóveis eram feios, pequenos, eram indestrutíveis, … Se alguém os atirasse contra a parede, fazia um buraco enorme na parede e eles ainda funcionavam sem nenhum arranhão!

Se alguém criasse uma marca de automóveis  feitos desse material indestrutível com que faziam a carcaça de tais telemóveis e se usassem os mesmos vidros que esses aparelhos tinham, essa pessoa ficaria mais rica do que o dono de uma petrolífera. E talvez as pessoas fossem menos às oficinas por causa de um Zé que não sabia conduzir lhe ter batido no carro.

Voltando ao assunto inicial, esses telemóveis eram: feios, pequenos, indestrutíveis. Pior: só davam para enviar mensagens, telefonar e jogar ao jogo da cobra cujo objetivo era não se… “autocomer”! Uma grande parvoíce.

Como referi anteriormente, tive um desses maravilhosos tijolos.Os meus colegas brincavam comigo por causa desse aparelho a que chamam telemóvel, por exemplo, quando estava na sala de aula e ele caía do meu bolso alguém afirmava “partiu o chão”. Mas isso não me afetava, porque sabia que a “boca” era só na brincadeira e não tinha como intenção ferir os meus sentimentos.

Uma experiência muito traumatizante.

João Silva, 8.º B

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: