jump to navigation

“Os fantasmas batem à porta”, de Álvaro Magalhães 28/04/2015

Posted by Professor@_AESV in 5.ºD, Ano letivo 2014/2015.
trackback

 

Os fantasmas batem à porta

com os dedos finos de nada,

mas não esperam que a porta

se abra

e passam através dela,

como o sol pelo vidro

da janela.

 

(in O Limpa-palavras e outros poemas, poema escolhido por João Rodrigues, 5.ºD)

Anúncios

Comentários»

1. Mariana - 28/04/2015

O poema está muito bom


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: