jump to navigation

Carta do Fidalgo D. Anrique a Deus 07/04/2013

Posted by prof_mjoao in 9ºA.
trackback

D. Anrique Lopes da Silva                                          Deus António Manuel

Rua Ardente, Palácio do Fidalgo, Inferno                Nuvem Real, Céu

 Inferno, 30 de fevereiro de 1447

fidalgo

Assunto: A minha vida após a morte

Exmº  Deus,

 No passado dia 15, dirigi-me à Barca do Paraíso atracada no “Cais da Morte” na intenção de seguir na mesma. Falei com Vosso Anjo, para aí entrar, porém Vosso servo condenou-me e enviou-me para a Barca do Inferno.

Sugeri a minha entrada na “Barca Branca”, contudo o Anjo Filipe argumentou que não o poderia fazer devido ao meu estilo de vida na Terra; contra argumentei como tendo sido Fidalgo de Solar e referi ainda que tinha quem rezasse por mim. Mesmo assim o Anjo insultou-me e encaminhou-me para a Barca do Diabo e hoje encontro-me no Inferno.

Perante tal facto, faço agora a exigência de me virem buscar “aqui abaixo” para a minha entrada no paraíso, caso contrário quero que me sejam enviados três servos, um para cozinhar, um outro para tratar (arrumar e limpar) a minha residência e o terceiro para me acompanhar nas minhas saídas; pretendo também que me seja enviada semanalmente uma moça virgem para eu usar nos prazeres da vida.

 

Sem outro assunto de momento,

 

Cumprimentos,

 D. Anrique Lopes da Silva

Gustavo Sá, 9ºA

Anúncios

Comentários»

1. Fábio veiga nº11 9ºb - 28/04/2013

Muito bom Gustavo

2. Diana - 23/05/2013

Gostei bastante do texto, está bem escrito 😉


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: